Projeto 6 on 6 Canada – Novembro 2021 – Alimentos que passei a comer no Canadá

Hoje é dia de Projeto 6 on 6 Canada com o tema “Alimentos que passei a comer no Canadá”. Engraçado como nós passamos a comer alguns alimentos que antes não faziam parte do nosso cardápio e agora não podemos imaginar ficar sem.

1. Pasta de amendoim

Eu não comia no Brasil, mas também só tinha provado uma pasta de amendoim cheia de açúcar. Aqui temos diversas opções sem açúcar que são 100% naturais e uma delícia até mesmo para comer de colher.

2. Bacon

Que delicia é o bacon canadense! Nunca pensei que eu iria falar isso. No Brasil, eu não comia porque tinha alergia, mas no Canadá posso comer que não tenho nenhuma reação. Alguns amigos que entendem do assunto me explicaram que a forma como o bacon é curado no Brasil é diferente. Vai ver que é por isso que os bacons daqui não me provocam nenhuma reação alérgica.

3. Pancakes com Maple Syrup

Não tem como, morando no Canadá e sendo casada com um canadense, os pancakes com Maple Syrup passaram a fazer parte da minha vida. Evitamos comer com frequência, deixamos para fazer em momentos especiais. A foto abaixo é de uma viagem que fizemos com amigos e fizemos pancakes para o café da manhã.

4. Salsão cru

Não vivo sem salsão em casa e como ele cru como petisco. No Brasil, comia em sopas, mas pegar um cru da geladeira e sair comendo como se fosse uma cenoura, jamais! Aprendi com os canadenses a rechear com Hommus para fazer um petisco delicioso e saudável.

5. Leite de amêndoas

Não lembro de ver tantas opções de leite de amêndoas com um preço acessível nos mercados brasileiros. Aqui é super comum e passei a comprar depois que comecei a amamentar o meu primeiro filho, que sentia cólicas quando eu tomava o de vaca. É comum as cafeterias terem opções de bebidas com leite de amêndoas e aveia, uma alternativa para o leite de vaca.

6. Legumes Crus

Nunca vou esquecer da minha primeira festinha americana no Canadá, onde algumas pessoas levaram pratos de vegetais crus. Todos se deliciando com brócolis, salsão, pimentão e couve-flor crus e eu olhando, sem entender porque os vegetais estavam crus. Hoje, o que era estranho para mim, virou parte da minha rotina. A foto é da lancheira do meu filho com pimentão amarelo cru.

Não deixe de acompanhar os demais participantes do projeto:

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.