Vida em Victoria – Entrevista com Ana Nolasco

Hoje tem o projeto Vida em Victoria no blog! Com o intuito de compartilhar outras experiências e diferentes pontos de vista, resolvi convidar brasileiros que moram em Victoria para contar aqui no blog um pouco sobre eles.

Minha convidada especial de hoje é a Ana Nolasco. Se você está no nosso grupo Brasileiros em Victoria, no Facebook, provavelmente já viu a Ana ajudando os nossos conterrâneos por lá.

Ela é uma das minhas queridinhas da nossa comunidade, não vou negar! Eu admiro e respeito a Ana pela sua genuinidade e vontade de ajudar a todos. Ela tem prazer em contribuir com a comunidade brasileira e, com muita cautela e responsabilidade, responde às dúvidas de todos do nosso grupo.

São tantas atitudes boas que eu já presenciei da Ana e tantas outras que brasileiros relataram, que não teria espaço para escrever aqui.

Agora vamos a nossa conversa com a Ana:

Pri: O que você faz no Canadá? 

Ana: Eu trabalho com reabilitação profissional. Minha função é promover oportunidades de trabalho para pessoas com deficiência ou que estejam com dificuldades em encontrar (e manter) empregos devido a algum tipo de limitação, uma doença, um trauma etc.

Eu desenvolvo parcerias com empregadores para auxiliá-los na inclusão dessas pessoas e ao mesmo tempo ajudo os candidatos no planejamento de sua carreira, identificando habilidades e competências, elaborando currículos, cover letters, treinando para entrevistas de emprego, e outras estratégias de job search.

Pri: Por que você escolheu Victoria?  

Ana: Nós escolhemos Victoria porque a Royal Roads University oferecia o curso de mestrado que o meu marido estava interessado em fazer.

Pri: Na sua opinião, quais são os pontos positivos de morar em Victoria?

Ana: Victoria tem o charme de uma cidade de conto de fadas. É uma cidade linda, pequena, porém bem desenvolvida. É segura, tem uma das menores taxas de desemprego do Canadá e um clima ameno. 

Pri: E os negativos?

Ana: Eu não consigo ver pontos negativos na cidade. Alguns diriam que o custo de moradia é alto, mas penso que morar numa linda ilha, turística, segura, com excelentes universidades, oportunidades de trabalho e variadas opções de lazer gratuito tem seu preço.

Pri: Qual é o seu lugar favorito na cidade?

Ana: Tenho diversos lugares favoritos na cidade. A maioria deles envolve a proximidade com a água, seja mar ou lago. Acho mágica a vista do Inner Harbour com o Parlamento ao fundo, as cestas de flores e o movimento de pessoas passeando. 

Pri: Que dica ou conselho você daria para quem está planejando morar no Canadá?

Ana: A melhor dica para quem está pensando em morar no Canadá é planejamento. Planeje-se! Pesquise sobre tudo. Conheça as formas de imigrar, pesquise sobre as características do lugar onde você quer morar. Pesquise como é o mercado de trabalho para a sua área naquela cidade e quais os requerimentos para continuar sua carreira no Canadá (se for esse o plano). Venha com a mente aberta, pois você vai viver muitas coisas novas e diferentes. 

Ana, muito obrigada por aceitar o meu convite para fazer parte do Projeto Vida em Victoria. 

Aos leitores, fiquem de olho no blog! Todo mês vou entrevistar um brasileiro ou brasileira, que admiro, para o projeto.

Fonte da foto de capa: Ana Nolasco

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.