Projeto 6 on 6 – Fevereiro 2020 – O que eu faria diferente se mudasse hoje para o Canadá

Projeto 6on6 Canada

Hoje é dia de 6 on 6 Canada no blog com o tema “O que eu faria diferente se mudasse hoje para o Canadá”. Não conhece o projeto? Todo dia 6, seis blogueiras que vivem em seis diferentes cidades do Canadá escrevem sobre um determinado tema e contam suas experiências através de seis fotos.

1. Roupas de inverno

Eu me preocupei muito em trazer roupas de inverno do Brasil que na verdade não foram feitas para o frio daqui. Duas coisas que trouxe e achei que não valeu a pena: meias de frio para usar com botas e casacos. As meias brasileiras não são tão quentes como as vendidas aqui no Canadá. E os nossos casacos não são preparados para o frio e vento daqui.

Agora as blusas de lã de boa qualidade que trouxe do Brasil valeram muito a pena.

Casaco bem quentinho para aguentar uma trilha no inverno
2. Roupas de verão

Ao contrário das roupas de inverno, traga as suas roupas de verão do Brasil! Principalmente, biquínis e vestidos. Os daqui são super sem graça, não têm aquelas estampas bonitas como as do Brasil. No meu caso, ainda tenho problemas para comprar vestidos porque eles ficam grandes em mim e não têm um caimento bonito. 

Eu me arrependi de não ter trazido e fui trazendo aos poucos conforme viajava para o Brasil de férias. E cada vez que vou, compro vestidos ou biquínis. 

Trazendo um pouco de cor para esse pais que gosta de roupas escuras
3. Inglês

Estudei inglês no Brasil antes de vir para cá, mas se fosse fazer diferente, teria estudado mais sozinha. Teria me dedicado mais a ler livros e notícias em inglês, assistir filmes, ouvir música, escrever em inglês etc. As aulas tanto no Brasil quanto no Canadá são super importantes, mas esse esforço extra em casa, sozinha, ajuda muito. Acho que a minha ficha só caiu sobre isso quando cheguei aqui para estudar inglês.

2011 quando vim estudar inglês
4. Casa de família

Quando vim pela primeira vez para o Canadá estudar inglês, morei seis meses em casa de família e depois fui para uma share house. Se fosse hoje, ficaria menos tempo na casa de família, provavelmente, só dois meses. Eu teria economizado uma boa grana, se tivesse feito isso.

Meu quarto na casa de família
5. Auto confiança 

Eu já comentei com vocês no post sobre os meus novos desafios profissionais no Canadá sobre a minha insegurança com a língua, que eu achava que meu inglês não era bom o suficiente para aceitar um cargo de liderança. Hoje eu penso na quantidade de vagas de emprego que deixei de me inscrever porque tinha esse receio. Então, esse é um conselho que dou: mande o seu currículo, durante a entrevista, o entrevistador vai perceber se o seu inglês é bom ou não para aquela vaga. Se não for bom, você pelo menos está praticando. 

Comecei a ter um pouco mais de auto confiança depois de me formar na UVIC

Leia também: Valeu a pena fazer o Diploma em Business Administration, na UVic, em Victoria?

6. Victoria

Na verdade, eu não me arrependo de ter vindo para Victoria e escolheria a cidade outra vez, principalmente, para estudar. Mas conheci muito brasileiro que se arrependeu de ter vindo para cá por conta do custo de vida. Por isso, acho melhor dividir isso com vocês. 

Eles dizem que se soubesse que aqui era tão caro  teriam ido primeiro para uma cidade com um inverno rigoroso, mas com um custo de vida menor. Depois de se estabilizarem, teriam vindo morar aqui.

Os gastos nos primeiros dois ou três anos de quem imigra é alto e, além do mais, a maioria dos imigrantes não tem uma salário tão bom nos primeiros anos. Então, morar numa cidade com custo de vida elevado pode ser uma problema.

Victoria!

Não deixem de visitar os outros blogs que fazem parte do projeto 6 on 6 Canada e ver como as demais blogueiras e blogueiro abordaram o tema desse mês.

4 thoughts on “Projeto 6 on 6 – Fevereiro 2020 – O que eu faria diferente se mudasse hoje para o Canadá

  1. Eu trouxe bastante roupas de verão e toda vez viajo para o Brasil eu trago mais heheh é engraçado como nós duas temos opiniões opostas sobre estudar inglês em alguma escola de inglês! Eu acho que não existe fórmula mágica e que cada um aprende e aprimora o inglês de maneira diferente.
    Beijos 😘

  2. Nossa, Pri, me identifiquei muito com a questão das roupas de verão. Como cheguei aqui no inverno, não me preocupei em trazer bermudas, roupas de praia, camisetas. Quando chegou o verão, eu estava super “durango” de grana e tive que comprar tudo por aqui. Foi um gasto que poderia ter sido evitado naquele primeiro ano. Hoje eu faria isso diferente, com certeza!!!

  3. Muito legal sua opinião, especialmente alertando para o alto gasto de morar em Victoria. Mas, no geral, aqui em Toronto é tbem muito caro e acho que é preciso um bom planejamento financeiro em qualquer cidade que vc for. Beijão

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.