atrações imperdíveis em Victoria

15 atrações imperdíveis em Victoria, no Canadá!

Last Updated on

Quais são as atrações imperdíveis em Victoria no Canadá? Quais lugares devo visitar? Essas são perguntas frequentes que recebo no blog. Por isso, vou listar os lugares que na minha opinião valem uma visita se você estiver passeando por aqui.

Art Gallery of Greater Victoria

Com quase 20.000 obras de arte, a galeria tem a maior coleção pública da Província de British Columbia. O trabalho da mais importante artista da história da Columbia Britânica, Emily Carr, é o destaque em uma das exposições permanentes.

A galeria é o lar de uma das mais importantes coleções de arte asiática do Canadá, perdendo apenas para o Royal Ontario Museum. A coleção de âmbar e esculturas de marfim é uma das maiores e mais requintadas na América do Norte.

Beacon Hill Park

Os turistas se encantam com esse lindo parque que fica no coração da cidade. Com jardins bem cuidados, habitados por esquilos, lagos com patos e playgrounds, o Beacon Hill Park é um lugar perfeito para passear.

Uma das atrações do parque que gosto bastante é a Moss Lady.  Essa linda obra de arte foi inspirada nos Jardins Perdidos de Heligan em Cornwall, que é um dos jardins botânicos mais populares da Inglaterra. A Moss Lady, em Victoria, é quase idêntica à famosa Mud Maid britânica.

Casa das Tulipas

Você provavelmente não vai encontrar nos sites tradicionais de turismo do Canadá nada sobre essa casa. Porém em Victoria ela é super famosa, já que todos os anos, durante a primavera, ela virá o lar de mais de 8 mil tulipas, dando um show de beleza.

Leia mais detalhes sobre a Casa das Tulipas no post: Casa com mais de 8 mil tulipas vira atração turística no Canada!

Chinatown

A mais antiga Chinatown do Canadá é rica em cultura e tradições trazidas pelos chineses há mais de 150 anos. Diferentemente de outras Chinatowns pelo mundo, a de Victoria é muito limpa e organizada.

As principais atrações do local são a Fan Tan Alley, que é a viela mais estreita do Canadá, e o The Gate of Harmonious, que fica bem na parte central do bairro. E a escola chinesa construída em 1909.

Craigdarroch Castle

Construído pelo rico barão do carvão Robert Dunsmuir, o Craigdarroch Castle dá aos visitantes um vislumbre de como era a vida da elite canadense na década de 1890.

O castelo tem 39 quartos, ocupando 20 mil km². Robert Dunsmuir morreu em abril de 1889,  pouco mais de um ano antes da construção ser concluída. Seus filhos Alexander e James finalizaram as obras após a sua morte. O arquiteto inicial, Warren Williams, também morreu antes de terminar o projeto, que foi concluído pelo seu sócio Arthur. L. Smith, em 1890.

Leia também: O que fazer em Victoria em um dia chuvoso

Christ Church Cathedral

Esta linda igreja em estilo gótico do século XIII é uma das maiores do Canadá, com cerca de 1.000 m² de área interna e torres com 37 metros de altura.

Apesar de não fazer parte dos roteiros turísticos oficiais da cidade, a igreja é linda por dentro e por fora e vale uma visita!

Fisherman’s Wharf

Um dos lugares favoritos dos turistas para comer fish and chips, tomar sorvete, tirar fotos e apreciar as cores das casinhas flutuantes. O local é tão agradável e pitoresco que vale a pena reservar um tempinho para comer algo por lá.

Se você estiver com tempo, pode ir andando para o Fisherman’s Wharf a partir do Inner Harbour pela David Foster Harbour Pathway. O caminho, beirando o Inner Harbour, é lindo e leva cerca de 20 minutos. Na volta, pegue um water taxi, um barquinho que é um táxi e custa cerca de $6,00.

Fort Rodd Hill and Fisgard Lighthouse Historic Sites

O forte Rod Hill e o Farol de Fisgard ficam no mesmo parque e são uma visita imperdível para quem vem a Victoria. O local é cheio de história é muito bem cuidado e preservado.

Mesmo para quem não tem muito interesse por história, eu recomendo a visita. Com um ar bucólico o parque tem vistas lindas das Montanhas Olímpicas, do mar e da pitoresca Fisgard Lighthouse.

O Fort Rod Hill é uma fortaleza de artilharia costeira construído no final da década de 1890 para defender Victoria e a Base Naval de Esquimalt. O Forte inclui canhões, postos de comandos, bunkers, guaritas etc. Os visitantes podem explorar os canhões e abrigos subterrâneas construídos há um século. Além, de conhecer a história dos soldados e de seus familiares que viveram lá.

O Fisgard Lighthouse foi construído pelos ingleses em 1860 quando a Ilha de Vancouver ainda não fazia parte do Canadá. Foi o primeiro farol da costa oeste do Canadá e continua em operação (sua automatização aconteceu em 1929).

Fort Rodd Hill and Fisgard Lighthouse

Hatley Castle

O Hatley Castle foi construído em 1908 para ser a residência de James Dunsmuir, filho do barão do carvão Robert Dunsmuir, que construiu o Craigdarroch Castle.

O imponente edifício, em estilo Tudor, tem três lindos jardins ao seu redor: o Jardim Japonês, o Jardim das Rosas e o Jardim Italiano. James contratou o arquiteto canadense Samuel Maclure para projetar o castelo e dois paisagistas americanos para planejar os jardins. Ele disse aos três profissionais: “Dinheiro não importa, apenas construir o que eu quero.”

O castelo serviu como cenário para a Escola do Professor Xavier para Jovens Superdotados no filme saga X-Men. O Hatley Castle também se tornou conhecido como a mansão de Lex Luthor na série de televisão Smallville.

Em 2017, os olhos da mídia se voltaram novamente para o Hatley Castle quando Ryan Reynolds publicou uma foto no Instagram durante as filmagens de Deadpool.

Government House

Além dos belos e charmosos jardins que cercam a Government House, o visitante também pode visitá-la por dentro. Os tours internos são de graça e acontecem, normalmente, no primeiro sábado de cada mês, pontualmente às 9h30.

Uma curiosidade: quando a família real visita Victoria, ela fica hospedada na Government House. A última vez que a casa foi usada para hospedar a família real foi em 2016, quando o Príncipe William e sua esposa Kate estiverem em Victoria.

o que fazer em Victoria
Inner Harbour

Com uma paisagem pitoresca, o Inner Harbour virou um dos cartões postais da cidade. Ele é considerado uma dos lugares mais lindos e nobres de Victoria. Cercados por hotéis, restaurantes e lindos jardins, é um dos lugares favoritos dos turistas para tirar fotos.

Parliament Buildings – British Columbia Legislature

Um dos ícones de Victoria, o prédio do Parlamento de BC impressiona moradores e visitante com a sua bela arquitetura. Não é à toa que muitos turistas ficam horas andando ao redor do prédio para apreciar a sua beleza arquitetônica.

Você sabia que pode visitar o interior do prédio também? Vale muito a pena! O lugar é lindo, com requintados vitrais, fotos da rainha da Inglaterra e muita informação interessante. E o melhor é que você não precisa pagar. As visitas guiadas e gratuitas duram cerca de 45 minutos.

Agora, se você não gosta de visitas guiadas, pode visitá-lo sem guias, respeitando o horário de visitação.

Não deixe de fazer uma caminhada ao redor do prédio à noite. As luzes noturnas do porto, prédios e monumentos são um espetáculo, ficando ainda mais lindas nos meses de dezembro e janeiro, devido ao Natal.

Leia também: A bela iluminação noturna de Victoria, Canadá!

iluminação noturna de Victoria
Royal BC Museum

Considerado um dos melhores museus regionais do mundo e um dos mais visitados no Canadá, o Royal BC Museum tem três galerias permanentes sobre a História Natural e História Humana de British Columbia.

Uma das mais fascinantes é a The First Peoples Gallery, com impressionantes máscaras usadas pelos nativos em cerimônias e grandiosos totens de diferentes estilos.

O Royal BC Museum é tão bacana que ganhou o prêmio Traveller’s Choice Winner 2015 e, por dois anos seguidos. Ele também liderou a lista dos 10 melhores museus do Canadá, segundo o TripAdvisor.

o que fazer em Victoria
The Butchart Gardens

O que antes era uma fábrica de cimento, hoje é um dos cartões postais mais belos e famosos do país. Visitar o The Butchart Gardens é um passeio imperdível para quem vem a Victoria.

O parque é formado por cinco jardins: Sunken, Japanese, Rose, Italian and Mediterranean. Os turistas amam o Sunken Garden, mas para mim um dos mais bonitos é o Japanese Garden. Principalmente, no outono, quando as folhas das árvores ficam com tons de vermelho, amarelo e laranja.

Leia este post completo com dicas para visitar os jardins: The Butchart Gardens, um passeio imperdível para quem visitar Victoria!

o clima e a temperatura em Victoria
The Empress Hotel

Construído entre 1904 e 1908 em um local nobre, de frente para o Inner Harbour, o belo edifício tem estilo arquitetônico dos Châteus Ingleses da era do Rei Eduardo.

Os 477 quartos foram inicialmente construídos para servir empresários e passageiros de luxo da linha do navio a vapor da Pacífico Canadense, que ficava ancorado a um quarteirão de distância.

O nome The Empress foi dado em homenagem a Rainha Victoria quando ela foi nomeada Imperatriz da Índia.

Não deixe de ler: A beleza de um dos parque mais lindos do Canadá durante o outono.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.