Canadá – Dicas de planejamento para estudar

Para quem não sabe, colaboro mensalmente como colunista voluntária no blog Brasileiras Pelo Mundo. Um blog incrível, em que brasileiras de diversos países escrevem para contar as suas experiências. O post de novembro foi sobre dicas de planejamento para quem for estudar no Canadá. Se você perdeu o post, aqui está novamente para você.


Quem pensa em vir estudar em um College ou Universidade no Canadá deve começar o quanto antes a fazer um planejamento para evitar futuros transtornos. O ideal é que esse planejamento comece com no mínimo um ano de antecedência. Assim, você terá tempo suficiente para se dedicar e se atentar a todos os detalhes que envolvem estudar em um outro país.

Comece com o planejamento financeiro. Com certeza esse é o mais importante de todos, pois um planejamento inadequado poderá fazer você retornar ao Brasil com dívidas. Muitos estudantes internacionais acabam contando que podem trabalhar 20 horas por semana enquanto estudam e acabam vindo para cá com o dinheiro contado. O ideal é que o aluno tenha uma reserva para se manter no Canadá sem trabalhar e somente estudar por, pelo menos, seis meses, pois conseguir um emprego poderá levar de três a seis meses, dependendo da área de atuação.

Outro detalhe importante é que, normalmente, o salário de um estudante no começo da sua vida no Canadá não é bom. Um estudante provavelmente ganhará um salário mínimo, ou próximo do mínimo, para trabalhar meio período. Em British Columbia por exemplo, o salário mínimo é de $10.85 por hora. Vejo que a maioria dos estudantes ganham em torno de 11 dólares por hora, sendo menos de 900 dólares por mês. Se você pensar nas despesas que terá com aluguel, contas domésticas, alimentação e transporte, contar somente com essa renda pode ser um erro. Erro mais grave ainda é contar com o dinheiro que você irá ganhar no Canadá para pagar parte do curso. Para ficar tranquilo, tenha todo o valor do curso antes de vir para cá e mais a reserva para se manter no país por, no mínimo, seis meses sem trabalhar.

Iniciar o processo de solicitação de visto de estudo muito antes da data inicial do curso é outro ponto muito importante. Alguns profissionais que trabalham com solicitação de visto dizem que o ideal é começar o processo no mínimo seis meses antes da data inicial das aulas. Isso porque qualquer atraso, por qualquer motivo, seja por parte do governo canadense ou algum outro inconveniente, irá fazer você postergar os seus planos, podendo trazer custos como a mudança da data do curso, hospedagem, passagem aéreas, entre outros. No final de 2015, o Canadá iniciou um processo de imigração para receber os refugiados sírios. Por conta disto, o governo canadense priorizou a emissão de visto para os refugiados, atrasando as solicitações dos demais vistos. Lembro do caso de uma amiga que deveria ter a extensão do visto de estudo emitida até dezembro de 2015, porém só saiu em março de 2016. Ela havia comprado a passagem aérea para visitar a família no Natal e não pôde ir. Isso porque não se pode sair do país quando se solicita a prorrogação de um visto de estudos.

Pesquise muito sobre o curso e a instituição que você pretende estudar. Veja se o perfil do curso e da universidade ou college é o que você realmente busca. Avalie se o curso que você está prestes a optar irá fazer algum sentido para a sua vida. Não escolha algo só porque você quer ter uma experiência fora do Brasil, ou tem planos de imigrar para o Canadá. Opte por um curso que irá agregar valor para você. O investimento é alto, tanto no aspecto financeiro como no tempo que você precisa reservar para se dedicar aos trabalhos, leituras e aulas. Sendo assim, não se apresse para escolher um curso só porque você conhece alguém que fez ou porque é moda entre os brasileiros fazer aquele determinado curso.

Controle os gastos com viagens, restaurantes e bares. Chegando em um novo país, você irá conhecer outros estudantes internacionais que irão te convidar para jantar fora, ir tomar uma cerveja ou dividir as despesas com viagens para lugares que tanto você como eles desejam explorar. O problema é que se você não se controlar, irá gastar muito mais do que você tinha planejado. Viajar dentro do Canadá é caro, principalmente se você optar pelos destinos como Banff e Whistler, que são o sonho de todos nós, estudantes estrangeiros. Comer fora e ir para barzinhos também não é nada barato. Você precisa levar em conta que cada vez que você sai para jantar é comum pagar 15% de gorjeta para a pessoa que te serviu. Bebidas alcoólicas são bem mais caras no Canadá do que no Brasil, devido às altas taxas que o governo canadense cobra sobre álcool. Uma ida ao barzinho consumindo duas cervejas poderá custar cerca de 15,00 a 20,00 dólares, já com a gorjeta de 15%. Se você não quer se privar das viagens e de comer fora enquanto estuda em terras canadenses, então é melhor ter um bom dinheiro reservado para isso.

Lembre-se: o mais importante é começar a planejar com antecedência e seguir os objetivos que foram traçados antes de você sair do Brasil. Sempre tenha um segundo plano, caso algo não saia como você esperava.

Picture from: unsplash

2 thoughts on “Canadá – Dicas de planejamento para estudar

  1. Pri, você saberia me informar sobre mestrado nas universidades do Canadá?
    Imagino que deve passar por todo o processo de validação do diploma e provas, estou certa?
    Parabéns pelo blog, muito criativo e nos ajuda muitooo rs

    1. Oi Amanda, eu não tenho certeza. Acredito que as exigências mudam de uma Universidade para outra. A Gaby fez um mestrado em Toronto e ela tem bastante informação no blog dela quanto a isso. Aconselho você dar uma “explorada” na página dela gabynocanada.com. Você também consegue esse tipo de informação no site das Universidade, normalmente há um menu international students, onde eles colocam os valores e pré-requisitos. 😉 Se não tiver as informações no site das universidades, basta enviar um e-mail para eles. Se precisar do contato da Universidade de Victoria eu posso te passar. 😉 Fico feliz que gostou do blog. Obrigada pelo carinho! 🙂

Leave a Reply