Dicas para conseguir um emprego no Canadá

Para quem não sabe, colaboro mensalmente como colunista voluntária no blog Brasileiras Pelo Mundo. Um blog incrível, em que brasileiras de diversos países escrevem para contar as suas experiências. O post de outubro foi sobre dicas para conseguir um emprego no Canadá. Se você perdeu o post, aqui está novamente para você.😉


O Canadá tem se tornado um dos países mais procurados por muitos brasileiros que desejam fazer um curso universitário fora do Brasil e também ganhar experiência de trabalho internacional. Muitos cursos oferecidos pelos Colleges e Universidades Canadenses dão ao aluno estrangeiro a possibilidade de trabalhar 20 horas por semana, durante as aulas e período integral, durante as férias. Além do mais, o aluno pode aplicar para o Post Graduation Work Permit, que é uma permissão de trabalho que o estudante internacional solicita quando finaliza o curso. É importante salientar, que não são todos os cursos universitários ou de Colleges dão direito ao aluno trabalhar no Canadá. Para saber mais consulte o site do Citizenship and Immigration Canada.

No meu caso, o curso que frequentei me dava o direito a trabalhar, enquanto eu estudava, e também de requerer o Post Graduation Work Permit. Por conta disto, comecei a buscar informações de como conseguir um emprego no Canadá assim que eu cheguei. Fiz alguns cursos sobre o mercado de trabalho no Canadá, onde eles ensinam como fazer o currículo e a carta de apresentação nos padrões canadenses. Também dão dicas de como conseguir um emprego para os estrangeiros que têm a permissão de trabalho .

Os cursos que eu fiz foram através da Universidade de Victoria, onde estudei. Porém, você também encontra cursos parecidos nos centros de ajuda aos imigrantes, em algumas escolas de inglês e de cursos profissionalizantes.

Com base na minha experiência seguem as principais dicas:

Carta de apresentação – deve ser encaminhada com o currículo. Chamada de cover letter, em inglês, a mesma deve ser personalizada de acordo com a vaga a qual você está se candidatando, ou seja, você elabora uma carta de apresentação para cada vaga. Nela você descreve as suas qualificações, faz um breve resumo das experiências adquiridas nas posições anteriores que estão relacionadas com a vaga, e destaca o porquê você é o candidato ideal. Neste link há dicas de como elaborar uma cover letter.

Currículo –  No Brasil, costumamos mandar um único currículo para todas as empresas, aqui você precisa adaptar o seu currículo para cada vaga. Outro detalhe importante é que não se deve colocar dados pessoais, como idade, estado civil, gênero ou se tem filhos ou não. No Canadá os currículos devem conter somente os seguintes dados pessoais: nome completo, endereço, telefone e e-mail. Os sites Monster e Canada Jobs dão dicas valiosas de como fazer um currículo.

Referências –  É super importante ter referências quando se está procurando um emprego no Canadá. As empresas costumam pedir três. Para nós estudantes estrangeiros, que não temos histórico de trabalho no país, as melhores referências são os professores. Isso é um dos motivos porque você precisa criar e manter um bom relacionamento com eles. Durante todo o meu curso, fui aquela aluna participativa, sempre entreguei os trabalhos dentro dos prazos e nunca faltei. Costumava fazer perguntas para os professores durante, e após, as aulas para tentar estabelecer uma boa conexão com eles. Quando tive a oportunidade, comentei com os professores o meu objetivo de conseguir um emprego assim que terminasse o meu curso. Atualmente, tenho dois professores que se ofereceram para ser as minhas referências, sem eu nem precisar pedir. Você já pode começar, portanto, a pensar nas referências que irá indicar, antes mesmo de chegar no Canadá. Converse com os responsáveis na empresa onde você trabalha no Brasil, se eles poderiam elaborar uma carta de recomendação para você, em inglês, e se o seu líder direto, ou algum colega de trabalho, aceitam conversar em inglês via Skype ou telefone. Conheço brasileiros que passaram referências no Brasil e o futuro chefe canadense ligou para verificar. Nunca passe um contato como referência, sem antes pedir permissão para a pessoa.

LinkedIn – é muito importante que você tenha um bom perfil em inglês com uma foto profissional no LinkedIn. Essa ferramenta é muito utilizada pelos recrutadores de grandes e pequenas empresas no Canadá. Não esqueça de atualizar a cidade que você está morando no Canadá, muitos esquecem e acabam deixando o endereço do Brasil. Muito importante participar dos grupos de discussões da sua área e seguir as empresas que te interessam. Lembre-se que essa ferramenta é para uso profissional, então não saia curtindo e compartilhando assuntos que não são relevantes para a sua carreira. Neste link há dicas para criar um perfil no LinkedIn.

Faça networking – com certeza networking no Canadá é muito mais forte que no Brasil. A minha impressão é que o canadense valoriza muito o networking mais que os brasileiros. Se você quer conseguir um trabalho na sua área de atuação, precisa conhecer pessoas. Então, frequente workshops e feiras de carreira (job fair), faça parte de grupos relacionados a sua área, faça trabalho voluntário, procure grupos no MeetUp. E o mais importante, continue fazendo tudo isso mesmo depois de conseguir o emprego que você estava buscando.

Notas – Para quem está cursando um College ou Universidade no Canadá, precisa estar ciente que algumas empresas pedem o seu boletim. Terminei um curso em Administração e Negócios há um mês, e comecei a procurar emprego faz algumas semanas. Empresas maiores, como bancos, por exemplo, solicitam que uma cópia do histórico escolar, chamado de transcript, seja enviada com o currículo e a carta de apresentação.

Inglês – Considero esse o mais importante de todos os demais assuntos que abordei. Afinal, não importa a função, se você não falar e não entender inglês é praticamente impossível conseguir um emprego. Invista em aprender inglês antes mesmo de chegar no Canadá. Coloque o inglês na sua rotina. Leia notícias em inglês, assista filmes e seriados, faça exercícios pela internet, faça aulas particulares ou em grupos. Enfim, faça tudo o que você puder pelo seu inglês. Esse esforço vai fazer a diferença quando você estiver não só no Canadá, mas em qualquer outro país de língua inglesa procurando um trabalho.

Boa sorte! 😉

Picture from: picjumbo

 

Um comentário sobre “Dicas para conseguir um emprego no Canadá

Deixe uma resposta