Diploma em Business Administration

Valeu a pena fazer o Diploma em Business Administration, na UVic, em Victoria?

Uma das perguntas frequentes que recebo no blog é sobre o curso Diploma em Business Administration oferecido pela Universidade de Victoria, Canadá.

Muita gente quer saber se o investimento financeiro e de tempo valeram a pena, se o curso me ajudou a conseguir um emprego, se ganhei novos conhecimentos, se os professores eram bons etc.

Seguem as minhas respostas para essas perguntas e o que achei do curso, sempre lembrando que as pessoas são diferentes e a forma como eu encaro a minha vida e lido com as situações podem ser bem diferentes das suas. Por isso, sempre encorajo que você converse com outras pessoas e leia outros blogs.

Aprendizado

Se você já fez algum curso on-line, já percebeu que não precisa ir à escola para aprender com qualidade. A internet está cheia de cursos excelentes de instituições renomadas.

Acredito que toda a parte teórica eu poderia ter aprendido sozinha, lendo livros e fazendo cursos on-line. Porém aprendi muito em sala de aula ouvindo histórias e situações de outros alunos e de professores.

Os trabalhos em grupos para resolver os “cases” foram excelentes para me ensinar a lidar com pessoas de diferentes culturas. Foram importantes também para me ensinar a negociar e tentar convencer os outros alunos das minhas ideias em inglês. Fazer isso na nossa língua materna muitas vezes não é tarefa fácil, imagina na sua segunda língua.

Cultura

Como eu já comentei com vocês no meu post sobre Diferenças entre as Universidades Canadenses e Brasileiras, o ambiente escolar no Canadá é multicultural, o que exige que a gente desenvolva a nossa inteligência cultural.

Estudar no Canadá antes de iniciar a vida profissional por aqui, ajuda a entender melhor como funciona todo esse multiculturalismo.

No Brasil, eu sempre tive contato com pessoas de outras nacionalidades porque meu pai não é brasileiro e prestei serviço para empresas multinacionais que tinham funcionários de diversas partes do mundo. Mesmo com essa “ bagagem multicultural”, eu sinto que ter estudado em um ambiente multicultural me ajuda no meu trabalho atual.

Atualmente, ocupo um cargo de liderança em uma loja de varejo americana. Temos colaboradores de todas as partes do mundo e vejo como a forma de liderar aqui é diferente.

Minha experiência em liderar pessoas no Brasil foi pequena, fui líder de equipe por alguns meses para cobrir outra pessoa. Se eu tentasse liderar aqui, sem ter ido para uma universidade canadense antes, eu iria seguir o estilo brasileiro e, provavelmente, eu teria falhado.

Em várias situações no meu trabalho atual pensei no que aprendi na universidade e sinto que isso está me ajudando, já que durante o curso, aprendi que a forma de liderar pessoas, de maneira geral, é bem menos hierárquica que no Brasil.

Professores

Como qualquer curso no Brasil, tive professores que considero excelentes e outros que não foram tão bons assim. Não é porque estamos estudando em um universidade pública no Canadá que todos os professores são bons.

Tive sim instrutores que eu não considero bons. A boa notícia é que acabei aprendendo mais com eles (ou sem eles) porque eu tinha que buscar informações por conta própria, conversar com outros alunos, buscar vídeos e leituras na internet.

Diploma em Business Administration
Photo by Element5 Digital on Unsplash
Trabalho

Se o curso de Diploma em Business Administration me ajudou a conseguir um emprego? Somente ele, não! Eu acredito que em qualquer lugar do mundo um curso de uma universidade não ajuda a conseguir um emprego, mas sim as suas outras qualificações e sua personalidade somadas ao curso. Os famosos soft skills são bem valorizados por aqui. 😉

Quando fui promovida, a minha gerente comentou que o fato de eu ter feito o curso de Business Administration no Canadá era uma vantagem perante os outros candidatos, mas o que ela enfatizou mesmo foi a minha personalidade.

Quando eu perguntei porque ela estava me considerando para o cargo mesmo eu estando somente há quatro meses na empresa, ela respondeu que confiava em mim e que eu me relacionava bem com todos da equipe.

Ela também mencionou a minha bagagem profissional no Brasil como outro ponto importante, mesmo sendo em áreas diferentes.

Concluindo: o curso em si não me fez ser promovida, mas sim o fato de eu estar aqui interessada em estudar e aprender coisas novas.

Amizades e networking

Com certeza o curso me ajudou a fazer amizades e a criar meu networking. Porém, ressalto que isso é de pessoa para pessoa. Eu sou extrovertida e tenho facilidade para fazer amizades. Eu gosto da troca que uma boa amizade traz. Eu fiz amigos na UVIC que foram e estão sendo importantes na minha jornada canadense e valorizo muito eles.

Como meu marido é de Victoria, eu acabei virando amiga dos amigos dele. Não tenho nenhum problema com isso, mas quero ter os meus amigos também. E foi na Universidade de Victoria que criei o meu primeiro grupo de amigos.

Uma das amigas canadenses que fiz no curso é minha referência profissional aqui no Canadá. Fizemos um projeto para o curso de Pequenos Negócios juntas e ela gostou da minha atuação. Depois disso, ela me disse que poderia ser a minha referência aqui, caso eu precisasse de uma. E ainda deixou uma recomendação no meu LinkedIn falando do meu desempenho durante o curso.

Bom, espero que essa minha reflexão te ajude de alguma forma! 🙂


Quer estudar no Canadá? Preencha o formulário abaixo que um consultor de intercâmbio lhe enviará uma cotação.

2 comentários sobre “Valeu a pena fazer o Diploma em Business Administration, na UVic, em Victoria?

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.