Casas na cidade de Victoria no Canadá e a rua está coberta de neve

Aluguel no Canadá – Dicas e informações importantes – Parte 3

Este é o terceiro post com dicas sobre aluguel no Canadá. No primeiro, eu explico como entender os anúncios de locação de imóveis e no segundo, como identificar um anúncio falso, conhecido como SCAM (golpe).

Lembrando que todas as dicas e informações são baseadas na minha experiência pessoal, a partir do meu ponto de vista.

Alugar um imóvel em algumas cidades canadenses, como Victoria, Vancouver, Toronto e Kelowna, pode ser um grande desafio por conta do alto custo do valor dos aluguéis, já que a procura por um lar é muito maior que a oferta. Por isso, muitos proprietários fazem uma série de exigências que dificultam na hora de alugar um imóvel, principalmente, para quem é novo por aqui.

Referências

Para alugar um imóvel no Canadá, você precisa dar referências. O problema é que quando você é novo no país, você não tem essas referências. Sendo assim, muitos estrangeiros alugam nos primeiros meses um apartamento ou uma casa através do Airbnb ou escolhem morar com uma família local (host-family).

Os proprietários dos imóveis ou a host-family acabam se tornando as referências dos estrangeiros por aqui. Tenho um casal de amigos brasileiros que ficou na casa de uma família canadense muito solícita e ela acabou ajudando o casal a encontrar o apartamento em que eles moram atualmente.

Outro lado positivo é que você já estará no país e poderá visitar o local antes de alugar. Quando eu estava procurando por um apartamento, olhava na internet e ficava toda empolgada com as fotos lindas, só que ao chegar ao local, eu me deparava com uma outra realidade. Apartamentos minúsculos, velhos e escuros, com um aluguel bem alto pelo o que o local oferecia.

Comprovação de renda

Outro problema que muitos estrangeiros enfrentam é na hora de comprovar a renda ou que estão trabalhando. Nem todos os proprietários de imóveis ou imobiliárias pedem isso, mas a grande maioria solicita essa comprovação.

O que muitas pessoas fazem é providenciar cópias dos extratos bancários do Brasil e também as permissões de trabalho que provam que você pode trabalhar legalmente por aqui. Não esqueça também de fornecer uma cópia do seu passaporte.

Famílias com crianças

Fiquei chocada ao ouvir de alguns amigos e conhecidos que muitos proprietários não alugam para famílias com crianças. E quando alugam, é difícil aceitar duas crianças. E complica mais ainda se elas foram de sexo diferente, porque neste caso a casa precisa ter três quartos, sendo um para o casal, um para a menina e outro para o menino.

Está surpreso? Eu também fiquei! Não conheço as leis canadenses sobre esse assunto, então, não posso comentar muito, mas achei no site do Canada Mortgage and House Corporation que muitas empresas de locação e venda de imóveis seguem o National Occupancy Standard (Padrão Nacional de Ocupação), que determinada que crianças maiores de cinco anos de sexo opostos têm que ter quartos separados.

Se você está lendo esse post e tem mais dicas sobre alugar um imóvel no Canadá com crianças, por favor, sinta-se à vontade para deixar o seu comentários no final deste post e ajudar outros brasileiros.

Recomendo também a leitura dos artigos abaixo, que tratam de alguns problemas referentes a moradia enfrentados por algumas famílias canadenses:

Cheque caução

É comum aqui ter que pagar o damage deposit (equivalente ao nosso cheque caução). O valor varia de cidade para cidade. Amigos de Toronto me disseram que lá costumam cobrar o valor integral, ou seja, você precisa pagar o valor de dois meses de aluguel quando entrar no imóvel. Aqui em Victoria, é comum cobrarem 50% do valor do aluguel como damage deposit. Esse dinheiro é devolvido no final, caso você não tenha danificado o imóvel.

Tire fotos

Quando você entrar no imóvel, tire fotos com data e faça vídeos do local. Se tiver algo danificado, tire a foto e mande um email para o proprietário avisando. Tenho conhecidos que foram acusados pelo proprietário de terem danificado o imóvel e ele não quis devolver o valor do damage deposit, mas, na verdade, o local já estava danificado antes de eles entrarem.

Contrato

Leia e entenda o seu contrato de aluguel. Na maioria dos casos, o contrato é de no mínimo um ano e você não pode sublocar, ou seja, não pode alugar um dos quartos para um colega, por exemplo.

Morar no campus das Universidades

Se você vai fazer um curso em uma universidade canadense, você pode verificar se eles oferecem residências no campus. Em Victoria, onde eu moro, a Universidade de Victoria oferece essa opção aos estudantes. Já ouvi alunos falando muito bem e outros dizendo que a Uvic demorou para conseguir algo para eles. Se você quiser saber mais sobre o Uvic’s on campus residence, é só entrar no site da universidade.

Hospedagens alternativas

Uma outra opção para quem está procurando um local para se hospedar em Victoria ou outra cidade canadense é ficar hospedado em hotéis estilo flat ou sharing house.

Em Victoria, tenho amigos que ficaram nos primeiros meses hospedados no Red Lion Inn & Suites, que oferece apartamentos com cozinha por um valor razoável. Eu morei eu uma sharing house em 2012 e não tive nenhum problema em dividir a casa com outras pessoas, mas eu não faria isso por muitos meses. Você pode procurar um quarto em uma sharing house em sites como Craigslist e Kijiji.

Imobiliárias:

Sites:

Grupos no facebook:


O Embarque com a Pri é afiliado ao Booking.com por com disto há links neste post que direcionam o leitor para o site deles. Isso significa que reservas feitas através do link geram ao blog uma pequena comissão. O leitor não paga nada a mais por isso. O valor ajudá pagar os custos de manutenção do blog. Sendo assim, se você acha que o blog te ajudou de alguma maneira, fazer as reservas com os nossos parceiros é uma forma de manter o site no ar. Obrigada!

Leave a Reply