Escolas de inglês em Victoria – Parte 2 – Sterling College (Stewart College)

Este post faz parte de um projeto do blog para apresentar aos leitores as escolas de inglês da cidade de Victoria, no Canadá. Se você perdeu o artigo onde explico sobre este e os demais posts que estão por vir, não tem problema, basta ler aqui: Qual é a melhor escola de inglês em Victoria, Canadá? que você vai entender melhor a ideia dos posts.

Chegou o dia de falarmos do Stewart College of Language, que na verdade teve o nome modificado para Sterling College. Como atualmente a escola também faz parte do Canadian Tourism College (assim que eu tiver mais detalhes, vou escrever um post sobre esse curso), eles resolveram alterar o nome para Sterling College, já que agora eles oferecem outros cursos, além dos cursos de idiomas.

Vamos falar sobre a minha visita ao Sterling College?

Sterling College

Cursos oferecidos:

  • Summer English – Juniors – 11 a 14 anos
  • Pathway to a Canadian High School
  • Pathway to a Canadian College or University
  • Power English
  • Academic English
  • Global Citizen Certificate
  • Language for Nutrition and Health
  • 50+ Vacation English – para alunos com mais de 50 anos no mês de Setembro

A escola se localiza na parte central da cidade, próxima ao YMCA, sendo assim é possível andar para o Inner Harbour e a charmosa Government Street em poucos minutos.

O prédio da escola está passando por renovações e está ficando lindo. Lembro da fachada antiga, já que passo na frente quase todos os dias para ir à academia, e a atual está muito mais moderna. Eles estão trabalhando nas renovações internas, mas as salas de aulas já estão prontas e o que eu mais gostei é que elas têm janelas grandes e tetos solares, que trazem uma ótima iluminação natural. Isso faz uma grande diferença para quem irá passar horas dentro da sala de aula, principalmente, no inverno.

Foto fornecida pelo Sterling College

A gerente me disse que o número de alunos brasileiros ainda é muito baixo, apenas 6% dos estudantes vêm do Brasil. Isso pode ser um diferencial para quem quer evitar estudar com muitos brasileiros, lembrando que na escola só pode falar inglês e, se o aluno for pego conversando em outro idioma, poderá ser advertido.

A escola tem alunos de várias faixa etárias, com idades entre 11 e mais de 60 anos. Na primavera e no verão, ela oferece programas voltados para adolescentes entre 11 e 14 anos. Para não misturá-los com os alunos mais velhos, eles têm aulas em outro andar, onde fica a administração da escola.

Eles também oferecem atividades extras às terças e quintas- feiras, deixando os outros dias livres para o estudante possa interagir mais com a Host Family. Um das atividades que eles tem que eu achei interessante é chamada de cooking activities. Como a escola tem uma pequena cozinha, os alunos preparam pratos fáceis do seu país para compartilhar as características da sua cultura através da comida. Eles cozinham juntos, falando em inglês e interagindo.

Como a escola é pequena, eles me disseram que conhecem cada aluno de perto e podem oferecer a eles um atendimento mais personalizado, como ajuda com o currículo, por exemplo. Na baixa temporada, a escola tem em torno de 30 alunos, na alta, esse número chega a 120.

Foto fornecida pelo Sterling College

Agora para quem já tem um nível mais avançado de inglês e quer estudar fora, mas não quer fazer somente aulas de inglês, o Sterling College oferece dois cursos bem interessantes. Um é o Language for Nutrition & Health, em que o aluno tem aulas de inglês pela manhã, mas no período da tarde eles têm uma hora de aula na academia de ginástica (Zumba, Pilates, Yoga, Natação, etc.). Depois da academia, as aulas são focadas em discussões e elaborações de projetos com o tema nutrição e saúde. O outro curso é o Global Citizen Certificate, onde além de aprender inglês, o aluno aprende sobre a cultura de voluntariado no Canadá, participando de trabalhos voluntários e também de um projeto de capacitação de recursos.

Agora, vamos aos depoimentos de quem estudou no Sterling College?


“Estudei por dois meses na Stewart College, em Victoria, e foi uma experiência incrível. Aprimorei meu inglês e tive um ganho cultural muito grande, já que tive contato com pessoas do mundo todo. O método de ensino é bem satisfatória, as aulas não são maçantes e os professores são muito bem qualificados e simpáticos. Durante esse período, fiquei hospedada em uma casa de família, e foi maravilhoso! Fui super bem recebida e era tratada como um membro da família. Recebi todo o auxílio necessário, todos os cuidados para que eu me sentisse confortável durante a minha estadia, tanto que, mesmo depois de anos, mantenho contato com eles e pretendo voltar para visitá-los” – Barbara de Oliveira

“Foi tudo muito bom, melhor experiência da minha vida! As aulas são boas já que as turmas são pequenas e os professores ficam bem próximos dos alunos. Todos os funcionários são super atenciosos, como quase todo mundo no Canadá. Fiz muitos amigos e a família que eu fiquei era ótima” – Luísa Cunha

“Foi TUDO incrível! Aulas maravilhosas e não cansativas, e as atividades extras, depois das aulas, para conhecer tudo eram muito divertidas. O que eu mais gostei sinceramente foi a liberdade que eu tinha. Eu fiquei em casa de família e também foi muito tranquilo. Adoro eles até hoje”. – Luana Freitas


Obrigada aos alunos pelos depoimentos, com certeza eles irão ajudar quem está pesquisando sobre estudar inglês em Victoria.

Se você também estudou inglês no Sterling College, por gentileza, deixe o seu depoimento nos comentários abaixo e ajude outros brasileiros na escolha da escola.

Leia também: Profissional de intercâmbio dá dicas para quem quer estudar fora!

Leave a Reply